Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Professora do câmpus Cubatão publica capítulo em livro sobre pandemia de COVID-19.

  • Publicado: Quinta, 25 de Maio de 2023, 18h19
  • Última atualização em Sexta, 26 de Maio de 2023, 09h18
  • Acessos: 372

O livro “Insurgências em tempo de pandemia”, recentemente lançado pela editora Urutau, conta com o capítulo “Aprendizagem ao alcance de quem? A plataformização da educação em tempo de pandemia” escrito pelas professoras Dra. Ana Elisa Sobral Caetano da Silva Ferreira, docente no Câmpus Cubatão, Me. Michelle Alves e Agnes Grillo, docentes na prefeitura de Itanhaém.

O capítulo propõe uma análise discursiva sobre como o processo de ensino-aprendizagem é apresentado em plataformas como Google for Eduation e Microsoft Teams, demonstrando por meio de uma abordagem multidisciplinar como a lógica do Capitalismo de Vigilância se instaura em ambientes acadêmicos.

Conceitos de diversas áreas, como geografia, economia e mediologia, estabelecem diálogo para que o corpus analisado seja compreendido dentro de um discurso neoliberal que circula neste período técnico-científico-informacional, proposto por Milton Santos.  

A leitura do livro é um convite à reflexão dos impactos da pandemia de COVID-19 não só no campo da docência, mas nas relações de trabalho de uma maneira geral, já que ele se divide em duas partes. Primeiro, ao problematizar aparelhos de captura, vai na direção de recriar os sentidos de confrontar o ciborgue liberal que é a real conformação da colonialidade na economia política que circula. 

Já a segunda parte diz diretamente sobre o que fazer com a zona do não ser. Ao pensar em afirmar modos de habitar, os diversos autores pensam a heterogeneidade dos sujeitos diante das experiências vividas com a intenção de desautomatizar as geontologias na colonialidade liberal.

 

Captura de Tela 2023 05 25 às 3.30.09 PM

registrado em:
Fim do conteúdo da página