Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Câmpus Cubatão une vários temas durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

  • Publicado: Quarta, 23 de Novembro de 2022, 15h06
  • Última atualização em Quarta, 23 de Novembro de 2022, 15h14
  • Acessos: 142

O Câmpus Cubatão abrigou, de 7 a 12 de novembro, extensa programação alusiva à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), cujo tema em 2022 foi: "Bicentenário da Independência: 200 anos de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil”. O evento, gratuito e aberto, contou com inúmeras atividades de diferentes áreas do conhecimento.

De 7 a 11 de novembro, aconteceu a V Semana de Letras, com mesas-redondas, palestras e ampla participação docente e discente. Vário temas estavam em pauta: Centenário de Semana de Arte Moderna; Inclusão social; Função psicológica dos contos de fadas; Lições para aplicação em sala de aula; Contemplação e poesia; Pesquisa na formação de romances históricos ficcionais baseados em fatos reais; e Um olhar sobre o feminino brasileiro na obra “Cirandeiras”.
Por meio de relatos de alunos que estão vivenciando essa experiência, o estágio na área de Letras também foi discutido. Ainda, abriu-se espaço para que os licenciandos apresentassem os projetos que vêm desenvolvendo, seja em Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), seja na área de Extensão, Iniciação Científica ou Bolsa-Ensino. Toda a programação foi um momento de enriquecimento cultural a todos os envolvidos.
 
Ainda em novembro, a II Semana de Licenciatura em Matemática ocorreu entre os dias 8 e 11 e de  maneira híbrida. Ao longo do evento, aconteceram diversas atividades, como palestras, minicursos, atividades culturais, oficinas e apresentações de trabalhos, todas preparadas, organizadas ou ministradas por professores, alunos e técnicos do Câmpus Cubatão, bem como por convidados externos. Os temas discutidos abrangeram, entre outros, a educação matemática, matemática aplicada e a inclusão. Virtualmente foram realizadas três palestras ministradas por professores da UFCG, IFPR e UNESP, as quais versaram sobre demonstrações matemáticas, o trabalho de um matemático aplicado e o papel da ciência no combate à pandemia. Já em ação presencial, ocorreram palestras sobre crianças autistas no ambiente escolar, reflexões sobre inclusão no ensino regular e problemas de probabilidades, oficinas de construções com régua e compasso e resolução de problemas, atividades culturais com leitura de poesia, teatro Lambe Lambe e um bate-papo sobre a carreira de um DJ, exposições com experimentos de física, sessão temática sobre equações diofantinas, minicurso sobre códigos corretores de erros, apresentações orais de trabalhos e até mesmo uma jogatina organizada pelos alunos. Ao todo, o evento contou com a participação de diversos estudantes, principalmente aqueles matriculados em cursos de graduação e ensino técnico do câmpus.
 
A 7ª edição da Techweek também aconteceu durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. De 8 a 11 de novembro, foram realizadas três palestras, uma oficina e a mostra de atividades discentes do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Algumas ações aconteceram no formato online e o conteúdo pode ser acessado através do nosso canal institucional no YouTube: INOVAÇÃO: Incentivos para investir em P&D+I; Publicação de site em angular - frontend na internet (AWS + DNS); Sistemas de Recomendação: a Inteligência Artificial do nosso dia-a-dia e Mulheres na Automação e o futuro da Tecnologia da Informação.
 
Já durante a V Semana de Automação (SEAUT), entre os dias 9 e 12 de novembro, aconteceram diversas atividades, incluindo palestras, oficinas, atividades práticas e apresentações de projetos, com ampla participação de docentes e discentes. Foram tratados diversos temas da área, tais como: Energia Fotovoltaica, Diagnóstico de protocolos industriais de rede, Desenvolvimento de PCBs com o software KiCad, Sistemas embarcados, Internet das Coisas com Arduino e CLP.
Utilizando múltiplos espaços do câmpus, a Expo Cultural ocorreu entre os dias 8 e 10 de novembro, com apresentação de diversas atividades culturais, com enfoque na Região Metropolitana da Baixada Santista e sua representação caiçara. O público teve acesso a mostras, oficinas, palestras e apresentação de canto e dança. No hall central da instituição, aconteceram as exposições: Mostra de Patrimônio Cubatense – (Kokinho Guerreiro), exposição da pintura Caiçara (Rodolfo Rondon), e Mostra de Fotografia (Enzo). Essa seção contou com peças únicas e diversificadas, além de quadros, fotografias e objetos da cultura caiçara. O Grupo Zabelê participou com sua representação cultural de maracatu e o canto do Coral Indígena - Mborai Mirim, retratou a força indígena na manutenção de suas tradições. A Associação dos Caiçaras do Guarujá, sediada no Perequê, promoveu a exposição de artesanato, com o objetivo de proteção e promoção da cultura caiçara na região, pois a entidade trabalha com diversas atividades, desde gastronômicas, culturais, artísticas, educativas, econômicas e sociais. As diversas apresentações e exposições reforçaram a importância dessas ações no ambiente escolar, que, sem dúvida alguma, contribui para o enriquecimento cultural de todos os envolvidos.
 
Organizado pelo Laboratório James Clerk Maxwell de Micro-ondas e Eletromagnetismo Aplicado (labmax.org) com o apoio científico e co-promoção da Sociedade Brasileira de Micro-ondas e Optoeletrônica (SBMO) e apoio científico da IEEE APS Chapter Northeast Brazil Section, aconteceu, entre 7 e 9 de novembro, 12º Workshop de Micro-ondas (SBMO/WMO’22). Foram discutidos assuntos da área de eletromagnetismo e micro-ondas e foi realizada uma prospecção das tendências futuras, bem como a apresentação dos resultados preliminares das pesquisas em andamento durante o ano de 2022 e suas aplicações.
 
Para a Feira de Ciências e Tecnologia (FECITEC 2022) foram convidados professores e alunos do Ensino Fundamental (8° e 9° ano), Ensino Médio, Ensino para Jovens e Adultos (EJA) e do Ensino Técnico (escolas públicas ou privadas). A FECITEC recebeu mais de 100 alunos das escolas públicas do municipio de Cubatão, que puderam conhecer os 41 projetos apresentados no evento. Destes projetos, a maioria era do Câmpus Cubatão, tendo o SENAI e o SESI também apresentado suas produções. Os premiados foram divididos nas seguintes áreas:
 
Tecnologias - Ensino Médio
1º lugar - Reconhecimento Facial e suas aplicações
2º lugar -  RECONHECIMENTO DE IMAGENS COM A FINALIDADE DE GERAR CÓDIGOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO A PARTIR DE FLUXOGRAMAS FÍSICOS ARQUITETADOS POR ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL (2) – APRIMORAMENTO
3º lugar - CHATBOT CONVERSACIONAL
 
Tecnologias - Ensino Médio - EJA
1º lugar - Conexão Inteligente
 
Ciências Humanas e Biológicas
1º lugar - FONÉTICA E FONOLOGIA NAS AULAS DE ELE: A EVOLUÇÃO DAS SIBILANTES E A SUA ABORDAGEM EM ALGUNS MATERIAIS DIDÁTICOS
2º lugar - OS EVENTOS RELIGIOSOS DE MATRIZ AFRICANA NOS ESPAÇOS PÚBLICOS: AFIRMANDO IDENTIDADES NEGRAS
3º lugar -  Esporte como fenômeno sociocultural: como eventos esportivos impactam nossa sociedade.
 
Ciências Exatas e Engenharia
1º lugar - AUTOMAÇÃO DE TANQUE POR APLICATIVO

2º lugar   ELÉTRICA BÁSICA: CIRCUITOS EM SÉRIE E EM PARALELO NA PRÁTICA

Para encerrar essa rica programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2022), organizada pelo Câmpus Cubatão, o IV Arduino Day / Sabaduino ocorreu no dia 12 de novembro. Houve uma oficina de Internet das Coisas (IoT), com Arduino, sensores e inteligência artificial (IA), realizada pelo prof. Dr. Walter Augusto Varella e o estudante Daniel Vinicius dos Santos. Eles apresentaram o potencial das redes neurais e o aprendizado de máquinas em sistemas de prototipagem, com a plataforma EDGE IMPULSE.
Também ocorreu a já tradicional apresentação e exposição de projetos realizados pelos estudantes dos cursos de Engenharia de Controle e Automação, Tecnologia em Automação Industrial, Técnico em Automação e Técnico em Informática. Ao todo, 12 projetos, de 20 estudantes, foram apresentados no evento, com temas dos mais variados, incluindo robótica, domótica, automação de estádio de futebol, controle de sistemas e processos industriais, entre outros.
A experiência de desenvolvimento de projeto, trabalho em equipe e apresentação dos resultados, sem dúvida alguma, contribuíram para a formação integral dos envolvidos nessa agenda.
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página