Nome do Projeto:2014 418 G1

 Framework para dispositivos MOBILE

Integrantes do Grupo:

  • Ingrid Arruda Ramil dos Santos
  • Leonardo Nolasco
  • Lucas de Sousa Fernandez
  • Luiz Victor C. M. Portasio
  • Rodrigo de Freitas Rodrigues
  • Víctor Muniz dos Santos

Contextualização:

Introdução Teórica:

Os celulares já não são simples aparelhos usados para receber e fazer ligação. A tecnologia tem evoluído tanto que atualmente os celulares são como pequenos computadores, com diversas funcionalidades, chamados de smartphones (que significa “telefone inteligente”). Como o nome insinua, os novos celulares possuem capacidade de processamento e funcionalidades bem desenvolvidos, como mandar mensagens instantâneas, acessar a internet, usar como GPS (ou mapa) e acessar aplicativos com diversas funcionalidades (desde uma simples calculadora a jogos com gráficos em HD (alta definição) ou redes sociais). Ou seja, hoje em dia, podemos ter um “computador” que cabe na palma da mão!

Mas desenvolver aplicativos que fornecem todas essas usabilidades não é algo tão simples. Assim como os computadores, os celulares também possuem diferentes sistemas operacionais (como Android, Windows e IOS), e com isso, os aplicativos necessitam serem adaptados aos respectivos sistemas. Por isso, estudamos e desenvolvemos um sistema usando Framework, uma plataforma que permite criar o sistema com um único código e adaptá-lo para vários sistemas operacionais, facilitando o trabalho de desenvolvedores de aplicativos mobiles.

Objetivos:

Estudar uma nova forma de programação (para aplicativos móveis); e desenvolver um sistema que funcione nos três sistemas operacionais de dispositivos móveis.

Justificativa (motivação):

O interesse dos integrantes do grupo em programação e de criar um software inovador e útil para a população que funcionasse em qualquer tipo de dispositivo móvel.

Nome do Projeto:

 Disléxicos e a inclusão tecnológica

Integrantes do Grupo:

  • Camael Henrique Ventura Duarte
  • Camila Cardoso Leite
  • Fabiane Andrade Correia Neiva
  • Larissa Santos Teixeira
  • Laryssa Araújo de Souza

Contextualização:

Introdução Teórica:

Atualmente, mesmo com os avanços na área educacional, verifica-se que o distúrbio de aprendizagem conhecido como dislexia ainda sofre defasagem em relação aos recursos tecnológicos oferecidos para auxiliar no aprendizado de 4% da população mundial que sofre dessa síndrome.

A dislexia é a dificuldade de aprendizagem tanto na área da leitura (devido a falhas nas conexões cerebrais, a pessoa disléxica tem dificuldade para associar o símbolo gráfico e as letras ao som que elas representam e não consegue organizá-los mentalmente numa sequência coerente) quanto na realização de operações aritméticas (discalculia) e no funcionamento da memória de curta duração.

Objetivos:

O objetivo deste trabalho é utilizar a informática e a tecnologia para auxiliar no aprendizado de pessoas que apresentam dislexia.

Assim, iremos desenvolver um software didático, que facilite o aprendizado destas pessoas e auxilie com suas dificuldades em leitura, escrita, soletração, entre outros.

Justificativa (motivação):

O que nos motivou a escolher este tema foi a oportunidade de utilizar a tecnologia e o nosso conhecimento na área de informática para auxiliar pessoas que apresentam dislexia e, assim, minimizar suas dificuldades de aprendizado e possibilitar uma maior inclusão destas pessoas na sociedade.

Nome do Projeto:2014 418 G3

 Aplicativo para Android "Seu Ônibus"

Integrantes do Grupo:

  • Alexia Furno Diniz
  • Diana Torrão Pereira
  • Douglas Affonso Clementino
  • Vivian Felipe Santos Santana

Contextualização:

Introdução Teórica:

Hoje em dia os chamados aplicativos para celulares são cada vez mais utilizados. A toda hora novos aplicativos são produzidos para auxiliar o dia-a-dia do usuário ou até mesmo para divertimento através de jogos e afins. Muitos desses aplicativos podem diminuir vários problemas que podemos encontrar no nosso cotidiano. Foi pensando nisso que desenvolvemos nossa ideia.

Todos que já utilizaram o transporte público encontraram algum tipo de problema com seus horários, e nosso aplicativo pretende assessorar o usuário justamente nesses problemas.

Nosso aplicativo irá permitir que os usuários possam informar aos outros usuários onde certo ônibus está em tempo real.

Utilizando esse aplicativo o usuário vai poder organizar melhor o seu tempo de acordo com as atividades propostas para o seu dia, além de poder ajudar outras pessoas cedendo as informações sobre determinado ônibus.

A vantagem desse aplicativo é que, em qualquer lugar que usuário esteja, ele poderá acessar as informações de ônibus que almeja embarcar, de modo a flexibilizar a programação de uma viagem.

Objetivos:

O objetivo desse trabalho é auxiliar os usuários de transporte público para que eles possam organizar melhor os horários evitando o atraso e perda de tempo desnecessária na espera de um ônibus em seu ponto, isso tudo com a flexibilidade de acesso.

Justificativa (motivação):

O que nos motivou a escolher esse tema foi o fato de que todos nós vivenciamos as dificuldades de sermos usuários do transporte público, portanto gostaríamos de sanar uma parcela dessas dificuldades, principalmente no que se refere ao tempo de espera e a trajetória do transporte.

Nome do Projeto:

 Framework de Banco de Dados

Integrantes do Grupo:

  • Gabriel Pereira da Silva
  • Jordy Santana Lima
  • Letícia de Paula Silva
  • Maycon Barros Reis
  • Thiago Estácio Barata

Contextualização:

Introdução Teórica:

Programar, por diversas vezes, pode ser uma tarefa muito trabalhosa e repetitiva. Por esse motivo, foram criadas técnicas de desenvolvimento para facilitar esse processo, como os chamados frameworks: ferramentas que ajudam no desenvolvimento de aplicações, permitindo programar de forma mais fácil, rápida e eficiente. Atualmente, existem milhares de frameworks disponíveis para as mais diversas linguagens de programação existentes.

Há também o Mapeamento Objeto-Relacional (ORM), uma técnica que permite programar em SQL (linguagem de bancos de dados relacionais) utilizando códigos de uma linguagem orientada a objeto (C#). Hoje, no mercado, existem alguns pacotes comerciais, pagos e gratuitos, que apresentam essa funcionalidade, porém alguns programadores preferem fazer suas próprias ferramentas ORM.

Objetivos:

Este projeto consiste em criar um framework de banco de dados que facilite e agilize o desenvolvimento de software, gerando código genérico de caráter estrutural.

Justificativa (motivação):

A ideia para esse projeto surgiu do desejo de criar uma ferramenta útil, que auxiliasse de fato o trabalho de profissionais da área de programação. Sendo suas necessidades conhecidas por nós que também atuamos na área.